antes de passar o portão da escola tive um presente tão bonito. as árvores altas e o relvado que o precedem estavam banhados pela mais perfeita luz, depois de uma manhã chuvosa e cinzenta. ao entrar, a simpatia do porteiro comoveu-me. como ainda era cedo para a aula, fui respirar para as traseiras. deixei-me estar uns minutos debaixo do grande plátano. o recreio estava num profundo silêncio. ao fundo ouviam-se vozes das salas e das auxiliares em conversas de fim de dia. ao olhar em volta apercebo-me do privilégio destes miúdos. muita relva, pinheiros e outras árvores, estruturas de madeira para brincar e espaço. comecei a imaginar aulas de exterior, quando o tempo o permitir. lá dentro ouço uns ‘olá’ e ‘boa tarde’ sorridentes de meninos que não fazem parte das minhas turmas. nas aulas explorámos sons do corpo e rimos muito, cantámos, dançámos. é a segunda semana e começa a entranhar-se aos poucos este novo espaço.

2 thoughts on “

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s