as palavras custam a ganhar forma, por vezes. a vida nesta terra é frágil. ínfima na sua duração. um vapor.

179245742_b29bb547f2_b

Pai, sabes que somos pó,
que a nossa fibra é quebradiça.
Limitaste-nos no tempo
para nos distinguires de Ti, ilimitado.
As flores que apanho em gesto automático
já começam a definhar-me nas mãos.
São assim os nossos dias –
pequenos, frágeis.
Concebeste-os assim, sabiamente.
Em contraste,
a Tua misericórdia infinita,
soberba.
Tão soberba que a mente,
sujeita a Ti,
se contorce, perplexa.

[inspirado no salmo 103]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s